Maria Cotinha Bezerra Pereira e Moacir Camargo de Oliveira são empossados como procuradores de Justiça

Imagem

Os associados da ATMP, Maria Cotinha Bezerra Pereira e Moacir Camargo de Oliveira, tomaram posse como procuradores de Justiça do Ministério Público Estadual (MPE), durante sessão solene do Colégio de Procuradores de Justiça do Ministério Público, realizada na tarde desta segunda-feira, 05.
 
Os novos titulares da 4ª e 12ª Procuradorias de Justiça, Maria Cotinha Bezerra Pereira e Moacir Camargo de Oliveira, respectivamente, foram promovidos aos cargos em eleição efetuada pelo Conselho Superior do Ministério Público em 04 de julho deste ano.
 
Presente na sessão, o presidente da ATMP, Luciano Casaroti, parabenizou os novos procuradores de Justiça pelo início da nova etapa da vida profissional, no nível mais alto da carreira ministerial, em que continuam com atribuições na área fim, agora em segunda instância, destacando que o referido trabalho é aliado ao dos colegas com exercício em primeiro grau, para que assim se garanta a efetiva atuação ministerial, voltada à defesa da sociedade.
 
Moacir destacou seus 28 anos de carreira ministerial, da honra e emoção com que recebia a promoção, agradeceu o apoio dos colegas, familiares e amigos, falou do carinho e atenção do povo tocantinense, com o qual tem tratado ao longo dos anos e sobre a atuação até então predominante na região norte do estado. Enfatizou como condições necessárias às conquistas a presença familiar e dos excelentes e leais colegas de sua estrada ministerial.
 
Maria Cotinha relatou o orgulho e a profunda responsabilidade que sentia ao assumir o cargo de procuradora de Justiça, destacando estar honrada por dar prosseguimento ao trabalho. Mencionou os tempos árduos do nascimento do Parquet tocantinense, em que todos os membros da carreira ministerial fizeram a diferença, desenvolvendo ações proativas e corajosas. Agradeceu aos colegas, aos familiares e amigos e declarou-se preparada para integrar o Colégio de Procuradores de Justiça, dada sua experiência de três décadas na área finalística e, ultimamente, na Administração Superior do MP, que integra desde 2016.
 
 
Perfil
 
Atualmente Subprocuradora-geral de Justiça, Maria Cotinha é membro do MPTO desde 1990. Atuou nas Comarcas de Alvorada, Miranorte, Araguaína, Miracema e Paraíso. No ano de 2017 tornou-se titular da 10ª promotoria de Justiça da Capital, quando passou a ocupar também o cargo de Assessora Especial Jurídica do PGJ. Exerceu ainda a função de chefe de gabinete do Procurador-Geral de Justiça. 
 
Moacir Camargo de Oliveira ingressou no Ministério Público Estadual em 1991. Passou pelas comarcas de Xambioá, Araguatins e Guaraí. Desde 2001 atua na Comarca de Araguaína, tendo ali exercido por derradeiro a titularidade da 7ª Promotoria de Justiça.