Em cerimônia virtual, nova diretoria do CNPG é empossada

Imagem

Na manhã desta sexta-feira, 17 de abril, o procurador-geral de Justiça do Rio Grande do Sul, Fabiano Dallazen, tomou posse solene no cargo de presidente do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG). Em razão do momento de crise provocado pela pandemia de coronavírus e da determinação das autoridades sanitárias para que sejam evitadas aglomerações, a solenidade de posse, realizada na sede institucional do MPRS, aconteceu de forma virtual e contou com manifestação ao vivo de Brasília do procurador-geral da República e presidente do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Augusto Aras e do presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), Manoel Murrieta, também se manifestou virtualmente.

Também foram empossados os membros da nova diretoria do CNPG para o mandato 2020/ 2021, os vice-presidentes Regionais Francisco Dirceu Barros, procurador-geral de Justiça do Estado de Pernambuco (Nordeste); Antônio Sérgio Tonet, procurador-geral de Justiça do Estado de Minas Gerais (Sudeste); Aylton Flávio Vechi, procurador-geral de Justiça do Estado de Goiás (Centro-Oeste); Ivana Lúcia Franco Cei, procuradora-geral de Justiça do Estado do Amapá (Norte); Fernando da Silva Comin, procurador-geral de Justiça do Estado de Santa Catarina(Sul); Fabiana Costa Oliveira Barreto, procuradora-geral de Justiça do Distrito Federal e Territórios (Ministério Público da União).

Em seu discurso de posse, o presidente eleito do CNPG, Fabiano Dallazen, renovou o compromisso público e solene com a unidade e o futuro do Ministério Publico, em um processo de construção institucional que é contínuo e permanente.  “O Ministério Público é um dos grandes fiadores da democracia, e nos orgulhamos dessa missão. O Brasil cobra de seus poderes e instituições e a sociedade cobra uma democracia com resultados”, ressaltou.

O presidente da CONAMP, Manoel Murrieta, ao cumprimentar e agradecer o trabalho realizado pelo presidente Paulo Cezar dos Passos e desejar sucesso ao novo presidente, Fabiano Dallazen, afirmou que o CNPG tem uma importância mais do que fundamental nos debates dos grandes temas da República. “É um colegiado que reúne a grande totalidade das esferas do Ministério Público brasileiro e estou certo que continuará, assim como sempre o fez, a defender com excelência os direitos da sociedade brasileira”, disse.

Murrieta ressaltou também que o momento é de desafio trazido pela pandemia do novo coronavírus, em que o Ministério Público, mais uma vez, demonstra sua importância em todo o país. “Tenho verificado projetos que nos orgulham em ver como o MP é capaz de se superar em um momento tão difícil para a população”, disse. “A democracia nos dá linhas e caminhos para garantir o crescimento das instituições mesmo diante da crise”, completou. (Com informações CNPG)