ATMP, 31 anos – Uma história se constrói juntos

Imagem

Hoje, 30 de junho, a Associação Tocantinense do Ministério Público (ATMP) comemora 31 anos de sua criação. Uma história que muito nos remete ao passado, mas que serve de exemplo para recomeçarmos hoje e continuarmos amanhã.

 

Foram muitas conquistas, desafios  e aprendizados, sempre com o objetivo de promover a unidade institucional do Ministério Público.

 

Nessa trajetória, na qual a entidade classista tem entre suas funções primordiais representar seus associados na garantia de direitos e alcance de benefícios, temos muito a comemorar, mas ainda a construir.  

 

Como marco no âmbito institucional, a sanção do Projeto de Lei que possibilita aos Promotores de Justiça se candidatarem ao cargo de Procurador-Geral de Justiça. O Tocantins era um dos poucos Estados que não permitia essa condição. A ATMP encabeçou este projeto, fez gestão junto aos integrantes do MPTO e aos deputados estaduais, mostrando a importância de ampliar a democracia nas eleições da Instituição.

 

Nosso próximo desafio  a ser concretizado envolve a construção em seu sentido literal. Em breve, nossos associados terão uma sede administrativa à altura do que almejam e merecem, sem falar em outras obras a serem realizadas no Clube recreativo, destinadas a proporcionar bem-estar e conforto. Tudo isso, fruto de esforço e colaboração de cada associado que acredita que uma história se faz com união e a várias mãos.

 

O trabalho da ATMP também é destaque no cenário nacional, por atuar em sintonia com a Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp) na promoção do fortalecimento do MP e da unidade institucional, na busca da manutenção das garantias institucionais do Ministério Público.

 

“Hoje é dia de comemorar nossas conquistas e reforçar nosso compromisso de uma Associação forte e atuante em prol do fortalecimento do MP e das prerrogativas funcionais dos seus membros”, afirmou Luciano Casaroti, presidente da ATMP.