Campanha de doação de sangue será permanente entre integrantes de instituições

Imagem

A campanha “Parceiros pela Vida”, que uniu diversas instituições, entre elas a Associação Tocantinense do Ministério Público (ATMP), será permanente. Esta foi a decisão tomada pelos parceiros, visto que o número de doadores de sangue superou as expectativas.

Em dois meses,  a unidade móvel da Hemorrede esteve nas dependências do Ministério Público do Estado do Tocantins (MPTO) para a terceira etapa do projeto e foram contabilizados mais de 120 agendamentos.

Segundo a coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Saúde (CaoSaúde/MPTO), promotora de Justiça Araína Cesárea Ferreira dos Santos D’Alessandro, a ação será permanente e contará com adesão de outros parceiros. “A ideia é que tenhamos um calendário anual, com ações a cada três meses. As próximas estão previstas para abril, junho, agosto e novembro”, disse.

A superintendente da Homorrede no Tocantins, Pollyana Gomes, explica que um dos critérios para a doação é fazer um intervalo de 3 meses entre uma coleta e outra. “Existe um leque de requisitos para que o doador esteja apto, dentre eles, a periodicidade. Então temos um intervalo, que permite que os homens doem até quatro vezes ao ano e a mulher, até três vezes”, esclareceu.

#Parceiros pela Vida
Também fazem parte da campanha o Ministério Público do Estado do Tocantins (MPTO), Receita Federal, Justiça Federal, Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).