Diretoria da ATMP se reúne com Procurador-Geral de Justiça

Imagem

A diretoria da Associação Tocantinense do Ministério Público (ATMP) esteve reunida com o procurador-geral de justiça (PGJ), Luciano Cesar Casaroti, pela primeira vez na atual gestão. O motivo do encontro foi discutir temas de interesse institucional dos membros da ativa e dos aposentados do Ministério Público do Estado do Tocantins (MPTO). A visita de cortesia aconteceu na manhã desta sexta-feira, 05, na sede da Procuradoria-Geral de Justiça.

 

Na oportunidade, o presidente da ATMP, Pedro Evandro de Vicente Rufato, reforçou a intenção da ATMP de manter uma relação dialogada e harmônica com a Procuradoria-Geral de Justiça. “Estamos atentos aos interesses do Ministério Público em âmbito estadual e nacional e disponível para interlocução com a atual gestão. Nossas ações têm como objetivo principal a defesa das prerrogativas e dos interesses dos membros do Ministério Público”, afirmou Rufato.

 

O Procurador-Geral de Justiça, Luciano Cesar Casaroti, falou da relevância que as entidades de classe têm no fortalecimento do Ministério Público brasileiro, destacando, como exemplo, o trabalho permanente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP) no acompanhamento das pautas legislativas relacionadas à atuação e às prerrogativas do Ministério Público. 

 

A reunião contou com a presença do procurador de justiça João Rodrigues Filho – 1º Tesoureiro da ATMP –, bem como dos promotores de Justiça Argemiro Ferreira dos Santos Neto – 1ª Secretário da ATMP –, Flavia Souza Rodrigues Cunha – 2ª Secretária da ATMP –, Isabelle Rocha Valença Figueiredo – Diretora de Relações Públicas da ATMP – e José Messias de Oliveira – Diretor do Departamento dos Aposentados da ATMP. Também participaram o chefe de gabinete e o assessor especial do Procurador-Geral de Justiça, Abel Andrade Leal Júnior e Marcelo Ulisses Sampaio.