30/09/2021 14:16:28

Associados da ATMP recebem "Menção de Elogio" do CNMP

Imagem

Os integrantes da Associação Tocantinense do Ministério Público (ATMP) Jacqueline Orofino da Silva Zago de Oliveira e João Edson de Souza receberam duas “Menções de Elogio” do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público).
 
A promotora de justiça Jacqueline Orofino foi homenageada como integrante do Grupo de Trabalho de Igualdade de Gênero, Direitos LGBT e Estado Laico, ao passo que o promotor de justiça João Edson recebeu a honraria pela participação do Grupo de Trabalho de Defesa dos Direitos dos Povos Indígenas e de Comunidades Tradicionais.
 
As menções foram assinadas pelo presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Fundamentais do CNMP, Luciano Nunes Maia Freire, e encaminhados à Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público do Tocantins “como forma de reconhecimento pelos serviços prestados” pelos promotores e por ambos terem “atuado com zelo, dedicação, competência e profissionalismo”.
 
"Os trabalhos e debates desenvolvidos pelo Grupo de Trabalho de Defesa dos Direitos dos Povos Indígenas e de Comunidades Tradicionais são de grande importância para a atuação do Ministério Público na defesa dessas comunidades. O Grupo é composto por membros de vários ramos do Ministério Público brasileiro. É uma grande satisfação representar nosso MPTO nos trabalhos desenvolvidos”, afirmou João Edson.
 
"Sinto-me extremamente honrada por ter representado o MPTO no Grupo de Trabalho de Igualdade de Gênero, Direitos LGBT e Estado Laico, da Comissão de Defesa dos Direitos Fundamentais do CNMP. Agradeço imensamente ao conselheiro Luciano Maia pela oportunidade e pela ‘Menção de Elogio’. Indubitavelmente, uma das principais funções do Ministério Público é a defesa dos direitos das minorias e a neutralidade religiosa do Brasil, enquanto Estado Democrático de Direito”, afirmou Jacqueline.