Projeto desenvolvido pela associada da ATMP, Promotora Thais Cairo, leva informações sobre violência contra a mulher para crianças

Imagem

Conscientizar jovens e crianças a combater a violência contra a mulher. Esse é um dos objetivos do Projeto Anjos da Guarda, promovido pelo Núcleo Maria da Penha do Ministério Público Estadual (MPE), na qual a integrante da Associação Tocantinense do Ministério Público (ATMP), a Promotora de Justiça Thais Cairo, é a coordenadora.

De uma maneira bem didática, com rodas de conversa, vídeos e panfletos informativos, a Promotora de Justiça se reúne com crianças e pré-adolescentes de escolas públicas de Palmas levando informações a cerca da Lei Maria da Penha. A intenção é que eles aprenderam a identificar e denunciar situações de violência doméstica e familiar contra a mulher, em casa, na escola ou na comunidade.

“É a informação que vai fazer com que muitas dessas crianças e adolescentes não repitam um ciclo de violência que podem estar observando ou vivenciando”, afirmou Thais Cairo.

Ao final da palestra, os estudantes ainda recebem certificados de “Guardião do Lar”, uma forma de reforçar que eles foram capacitados a identificar, prevenir e combater a violência doméstica e familiar contra a mulher.

“É um projeto que conta com uma série de parceiros importantes, que se dedicam e se empenham para que as atividades sejam realizadas”, destacou Thais.

Até agora o Projeto Anjos da Guarda já contemplou sete escolas da Capital. Depois de finalizar as atividades em Palmas, Promotores de outras comarcas também poderão solicitar ou replicar as palestras com material cedido pelo Núcleo.