Movimentação na carreira: associados da ATMP passam por promoção e remoção

Imagem

Integrantes da Associação Tocantinense do Ministério Público (ATMP) foram promovidos e removidos nesta terça-feira, 14, durante sessão do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP).

 

O Promotor de Justiça Rogério Rodrigo Ferreira Mota foi promovido por critério de merecimento à Promotoria de Justiça (PJ) de Itacajá. Ele era Promotor de Justiça Substituto e foi vitaliciado.

 

Quem também recebeu promoção por merecimento foram os Promotores de Justiça Francisco Brandes Júnior (3ª PJ de Araguaína), Juliana da Hora Almeida (PJ de Ananás) e Luma Gomides de Souza (PJ de Colméia).

 

O Presidente da ATMP, Luciano Casaroti, participou da sessão e parabenizou os colegas, lembrando que o merecimento é resultado da atuação do Promotor de Justiça, de sua dedicação ao trabalho e  cumprimento de seus deveres institucionais e processuais.

 

Antiguidade

Os Promotores de Justiça Argemiro Ferreira dos Santos Neto e Pedro Jainer Passos Clarindo da Silva também foram promovidos, desta vez pelo critério de antiguidade, para as Promotorias de Justiças de Guaraí e PJ de Filadélfia, respectivamente.

 

 Ja o Promotor de Justiça Tarso Rizo Oliveira Ribeiro, foi removido para a 6ª PJ de Araguaína. Na Remoção, o membro do MP movimenta-se na carreira horizontalmente, ou seja, na mesma entrância, enquanto na Promoção a movimentação ocorre de uma entrância para outra.

 

Novo Procurador

A escolha do 9º Procurador de Justiça, prevista para acontecer nesta sessão, foi adiada para o próximo mês a pedido do relator, o Procurador de Justiça José Demóstenes de Abreu, que determinou diligências a serem cumpridas pela Corregedoria-Geral.

 
 
Foto: Promoções foram anunciadas durante sessão do CSMP - Crédito: Marcelo de Deus/Ascom MPE