Ana Paula Catini toma posse como Procuradora de Justiça

Imagem

 
A Promotora de Justiça e associada da ATMP,  Ana Paula Reigota Ferreira Catini, tomou posse como a nova  Procuradora de Justiça do Ministério Público Estadual (MPE), durante sessão solene do Colégio de Procuradores de Justiça reallizada na tarde desta terça-feira, 11.
 
A nova titular da 9ª Procuradoria de Justiça foi promovida ao cargo na manhã de hoje, em eleição realizada pelo Conselho Superior do Ministério Público, que tomou como base o critério de merecimento.
 
Presente nas duas sessões, o presidente da ATMP, Luciano Casaroti, parabenizou a nova Procuradora, destacando sua trajetória como Promotora de Justiça e desejando sucesso na nova função.
 
Ana Paula disse receber a promoção com humildade e satisfação, ressaltando o seu compromisso com a construção de um Ministério Público sem desigualdades entre seus membros. “Destaco que a minha atuação será cooperada com todos os colegas desta Instituição, onde o inconformismo com o presente, a coragem para ousar e o otimismo diante do futuro nos preservarão como instância referencial no contexto dos poderes e das instituições democráticas, em constante luta pela manutenção das nossas inegociáveis prerrogativas e garantias constitucionais”, pontuou.
 
Eleição 
Candidata com maior pontuação entre os inscritos, no que se refere à produtividade e à qualificação, ela foi escolhida por unanimidade dos votos.
 
Entre os candidatos concorrentes à vaga, obtiveram a segunda e terceira colocação, respectivamente, os promotores de Justiça Miguel Batista de Siqueira Filho e Moacir Camargo de Oliveira.
 
Ao proferir o resultado do pleito, o Procurador-Geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, avaliou que a candidata eleita é muito querida pelos membros do Ministério Público e, por sua experiência, tem muito a contribuir com a instituição, agora atuando na segunda instância.
 
Perfil
Ana Paula Catini ingressou no Ministério Público Estadual em janeiro de 1991. Desde então, passou pelas comarcas de Augustinópolis, Itaguatins, Cristalândia, Filadélfia, Dianópolis e Araguaína. Nesta última, encontrava-se como titular da 8ª Promotoria de Justiça, que possui atuação na área da família.
 
Crédito da foto: Ronaldo Mit Ascom/MPE