27/05/2021 13:34:57

Lideranças nacionais prestigiam reunião do conselho deliberativo da CONAMP

Imagem

A reunião do conselho deliberativo da CONAMP, realizada nesta quarta-feira (26), em Brasília, foi marcada pela presença de lideranças nacionais do Ministério Público e da Magistratura. O presidente da Associação Tocantinense do Ministério Público (ATMP), Pedro Evandro de Vicente Rufato, participou da reunião, juntamente com os presidentes de outras afiliadas.

 

Estiveram presentes o Ministro do Superior Tribunal de Justiça Mauro Campbell; o corregedor nacional do Ministério Público, Rinaldo Reis; o ouvidor nacional do MP, Oswaldo D’Albuquerque; os indicados para cargos no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP): o procurador de Justiça Paulo Passos (MPMS); o promotor de Justiça Moacyr Rey Filho (MPDFT); o procurador de Justiça Militar, Jaime de Cassio Miranda; e o procurador do Trabalho Ângelo Fabiano. A presidente Conselho Nacional de Procuradores-Gerais (CNPG), Ivana Cei, e os procuradores-gerais de Justiça do Amazonas, Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior, e do Distrito Federal e Territórios, Fabiana Costa, também estiveram participaram. A coordenadora da Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas) e presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, e o presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Eduardo André, estiveram na reunião, bem como a coordenadora da comissão de mulheres da CONAMP, Gabriela Manssur; Lauro Tavares, ex-presidente da Associação Amazonense do Ministério Público; e os promotores de Justiça Fábia Founier (MPPA), Fernanda Balbinot (MPGO), e Marcelo Ferra (MPMS). 
 

Durante a reunião, foram discutidos temas de interesse do Ministério Público brasileiro e proposições que tramitam no Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal, tribunais superiores, CNMP e Conselho Nacional de Justiça. 
 

Ao se manifestar, a coordenadora da Frentas e presidente da AMB pontuou sobre a reforma administrativa (PEC 32/2020). “Somos radicalmente contrários ao desmonte que se desenha com a tramitação dessa pauta. Vamos seguir dialogando com os Poderes e com a sociedade para evitar que as inúmeras inconstitucionalidades contidas na Reforma Administrativa sejam aprovadas”, argumentou. Renata Gil classifica ainda como covardia a discussão do tema no contexto da pandemia. “Logo agora, quando os servidores têm se mostrado mais essenciais do que nunca à população, querem pautar uma reforma que lhes tira direitos”. 
 

Já o presidente da Ajufe destacou a importância da união entre as entidades de classe estaduais e federais. “Com firmeza de propósitos, nesse momento de crise estamos conseguindo realizar um trabalho muito bem feito em interesses comuns e assim alcançar importante vitórias, superando qualquer desgaste com os poderes públicos”, disse Eduardo André.

 

Na oportunidade, a presidente do CNPG, Ivana Franco Cei, falou ao conselho deliberativo da campanha "Maio Laranja – Não deixe quem você ama ser a próxima vítima!" promovida pelo Ministério Público do Amapá. Ivana entregou ao presidente da CONAMP um pin com o símbolo da campanha: o pássaro Galo-da-Serra. 

 

Homenagem 

 

Com a participação do Ministro do Superior Tribunal de Justiça Mauro Campbell, foi realizada homenagem ao ex-presidente da Associação Amazonense do Ministério Público (AAMP), Lauro Tavares. A surpresa foi coordenada pelo presidente da CONAMP, Manoel Murrieda, e contou com o apoio do Procurador-geral de Justiça do Amazonas, Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior, e do atual presidente da AAMP, Alessandro Samartin. 
 

Ao destacar as qualidades e as positivas contribuições de Lauro Tavares ao Ministério Público, em especial à instituição amazonense, foi destacada a campanha RespirAR. A ação organizada por Lauro arrecadou doações que possibilitaram a compra de uma usina de oxigênio com capacidade de produzir até 13mil litros de oxigênio por hora. A usina garantiu a abertura de um hospital de campanha em Manaus com 72 leitos para pacientes com COVID-19.